17 de janeiro de 2013



O amor não tem preço e nem tempo. Porque não há passagens que o cartão de crédito não comprem e nem tempo que os finais de semana não resolvam.



Nenhum comentário:

Postar um comentário